Vídeo mostra como menino de 10 anos evitou ser raptado com a ajuda de funcionária de uma loja

Na última sexta-feira, dia 11 de novembro, o jovem Sammy Green, de 10 anos, residente em Pottstown, na Pensilvânia, EUA, estava a regressar da escola quando percebeu que estava a ser seguido por uma mulher, que pouco depois tentou persuadi-lo a entrar numa loja de conveniência.

Perante a situação, o jovem colocou em prática um método que o seu pai lhe ensinou para evitar ser raptado. Foi então que continuou a andar e só parou numa loja que frequenta regularmente. Sammy falou com uma funcionária da loja que se encontrava na caixa registadora e fez um pedido: “Age como se fosses minha mãe, esta senhora está a seguir-me”.

Uma câmara de segurança da loja registou o momento em que podemos ver a possível raptora à porta da loja como se estivesse à espera do menino. Logo depois a funcionária caminha até à entrada da loja e coloca-se entre Sammy e a mulher, trancando de seguida a porta.

O pai do menino, Sam Green, contou que ficou aliviado por perceber que o filho seguiu o conselho que lhe tinha dado, mas que mesmo assim foi desesperante assistir ao vídeo: “Ver o meu filho a procurar ajuda porque temia basicamente pela sua vida… chorava cada vez que via o vídeo”, contou Sam, que deixou ainda um conselho a todos os pais: “Pensem em todos os cenários, certifiquem-se de que as crianças os sabem e pratiquem-nos também”.

Segundo a ABC 6, a polícia acabou por identificar a mulher que agora se encontra a receber assistência psiquiátrica.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS