V. Guimarães marca e jogadores “pedem a cabeça” do presidente do Steaua Bucareste

Depois das declarações polémicas do presidente do Steaua Bucareste, Gigi Becali, que afirmou “cortar a cabeça” se o Vitória de Guimarães marcasse um golo contra a equipa romena, após o empate a zero no primeiro jogo de acesso à fase de grupos da Liga Europa, o golo acabou mesmo por acontecer e os jogadores do Vitória durante os festejos pediram mesmo “a cabeça” do presidente do Steaua.

Recorde-se que proferiu as seguintes declarações na Roménia:

“O Vitória de Guimarães é uma equipa mais fraca do que o Mlada Boleslav. Não conseguem marcar um golo e nós vamos a Portugal vencer por 2-0. É uma equipa muito lenta, não têm grandes valores, não têm técnica, não têm nada. São tão fracos que não me assustam”, atirou, em declarações aos jornalistas, Gigi Becali. E foi mais longe: “Não têm nada, absolutamente nada. Corto a minha cabeça se marcarem contra nós”.

Acontece que ontem, em Guimarães, durante os festejos vários jogadores fizeram gestos de decapitação dirigida à tribuna presidencial.

Já no final do encontro a claque White Angels do Vitória de Guimarães fez também questão de recordar o presidente Becali. “Cut your head, idiot” (Corta a tua cabeça, idiota) podia ler-se numa tarja.

Mais tarde, Gigi Becali, retratou-se das críticas feitas ao Vitória e pediu desculpa ao clube minhoto pelo que disse. “Eles não são extraordinários, mas nós fomos demasiado fracos. Eles têm razão. Peço-lhes que me perdoem. Não perceberam o que significava a minha expressão e Deus humilhou-me. Temos uma equipa de rapazes, não de homens”, lamentou o dono do Steaua, em declarações à imprensa romena.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS