Turista vive experiência de morte ao andar de asa delta pela 1ª vez

O turista norte-americano, Chris Gursky, estava de férias na Suiça quando resolveu andar pela primeira vez de asa delta, sem imaginar que ia ver a morte bem de perto. Isto porque, o piloto esqueceu-se de prender Chris à asa delta! O que se seguiu foram momentos extremamente tensos, com Gursky a apelidar o incidente como “a experiência mais próxima da morte”.

Em alguns momentos, Chris tem apenas o ferro da asa delta para amarrar, com toda a força do mundo para não morrer. Certo é que conseguiu aguentar até chegar perto do solo. Como resultado da viagem, o turista oriundo da Florida acabou por rasgar o tendão do bícep esquerdo e foi sujeito a uma cirurgia no pulso. O piloto também sofreu algumas fraturas e rasgou o tendão do bícep esquerdo.

Em declarações à imprensa britânica, Gursky revelou que o piloto fez tudo para o manter na asa delta, após perceber que algo estava errado. Chris diz que chegou a temer o pior: “Lembro-me de olhar para baixo e pensar, é agora. Estava a perder a força na mão direita”.

Respira fundo e clica no play!

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS