Tom Cruise dispensa duplo e mostra os bastidores de um salto insano de mota no novo Missão Impossível

Aos 60 anos, Tom Cruise, continua a querer aventura e ação, sentir a adrenalina e o coração a bater forte. Ontem foi lançado um vídeo das gravações do novo Missão Impossível onde saltou de mota de um penhasco.

Conhecido por não usar duplos, Tom Cruise iniciou a preparação do salto em setembro de 2020 com aulas de base jumping. Durante todo o processo ele repetiu 500 vezes a mesma cena e fez 13 mil saltos de motocross.

A rampa usada nos ensaios foi construída numa pedreira na Inglaterra para imitar o penhasco na Noruega, onde a cena final do filme seria gravada. Tom Cruise usou também um chip GPS para que a equipa do filme pudesse gravar todos os seus saltos, identificar a sua velocidade no solo e até a incidência do vento em cada ação. Isso facilitou o posicionamento dos drones e das câmaras. “Essa é a coisa mais perigosa que já tentamos. Trabalhamos nisso por anos. Quero fazer isto desde criança. Tudo se resume a uma coisa: o público”, revela Tom Cruise.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS