Sharapova dá conselho a adversária de 17 anos que está a correr mundo

O encontro entre Maria Sharapova e Xinyu Wang na segunda ronda do torneio de Shenzhen, na China, ficou marcado não só pela desistência da jovem chinesa de 17 anos na sequência de uma lesão na coxa, mas também pelo que se seguiu depois… ao ver a jovem adversária a ser forçada a abandonar o encontro, depois de vencer o primeiro set, Sharapova de 31 anos dirigiu-se à cadeira de Wang, para a reconfortar e dirigir-lhe fortes elogios.

“Jogaste de forma incrível. Cuida de ti, está bem? Se continuares a jogar assim, vais ser número um mundial, prometo”, disse Sharapova, que chega a colocar a toalha pelos ombros da sua adversária.

O gesto tornou-se viral e está a ser aplaudido por milhões de pessoas.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS