Selim partiu e ciclista caiu para trás ao celebrar a vitória… numa corrida que não venceu

O ciclista espanhol Eduard Prades, da Caja Rural, foi protagonista de um momento insólito no final da primeira etapa da Volta à Grécia. Prades foi o mais rápido no sprint do pelotão e ao festejar o selim partiu e caiu para trás. Se já estava mau ficou pior quando descobriu a realidade: na verdade estava a festejar a vitória quando não venceu a corrida, pois Aaron Gate, que vinha na fuga, já tinha cruzado a linha da meta.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS