Russa afirma não conseguir trabalho por causa da sua boa aparência

Irina Kova, uma russa a viver em Londres, acredita que a sua boa aparência lhe está a arruinar a carreira. Apesar de ser formada em Direito e de ter experiência de trabalho, a jovem não têm conseguido trabalho a tempo inteiro.

Aos 33 anos, Irina Kova acredita que as pessoas do sexo masculino não levam as mulheres bonitas e atraentes a sério. Já as mulheres, Irina Kova acredita que estas não confiam nela ou a acham intimidante.

“As mulheres não confiam em mim e os homens não me veem como profissional. Os homens nunca me querem contratar e eu entendo – é porque não se querem distrair no trabalho”, declarou ao jornal diário, The Sun.

Para melhorar as suas hipóteses de conseguir um emprego, a russa foi aconselhada a pintar o cabelo de castanho escuro para parecer mais profissional. Mas mesmo que ela passe nas entrevistas, os seus patrões masculinos nunca parecem levá-la a sério.

Um dos seus ex-patrões disse-lhe inclusive para parar de tentar usar a sua aparência para se destacar, e ser mais humilde, mas Irina diz que se destacar é apenas algo que acontece por causa das suas características naturais.

Outro terá lhe dito que nunca a contrataria porque não queria distrações no trabalho e que preferia contratar mulheres muito menos atraentes, mas que não atrapalhassem na produção da empresa. Além disso, alguns homens casados ​​não querem que as suas esposas os visitem no trabalho e descubram uma “bomba” solteira sentada bem ao lado deles.

De momento, Irina tem uma empresa de venda de produtos, como roupas vintage, divulgadas no seu Instagram.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS