Repórter é “apertado” por cães em direto durante reportagem num abrigo de animais

O repórter argentino, Roberto Funes, encontrava-se a fazer uma emissão em direto de um abrigo para animais, quando foi atacado por alguns cães.

Roberto teve mesmo de fugir para cima de um carro, depois dos cães o terem cercado, mas ainda chegou a ser mordido.

A reportagem tinha como objetivo contar a história daquele abrigo, que acolhe mais de cem cães e gatos e que tem muito poucas condições financeiras.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS