Rei Carlos III perdeu a paciência com caneta de tinta permanente que lhe sujou as mãos

Durante a primeira visita à Irlanda do Norte após ser proclamado como novo rei do Reino Unido, o Rei Carlos III teve de voltar a assinar o livro de visitas do Castelo de Hillsborough e a caneta de tinta permanente que usou para a assinatura acabou por lhe sujar as mãos.

O imprevisto acabou por irritar o monarca e o momento tornou-se viral nas redes sociais.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS