Piloto rouba avião para tentar matar a esposa após uma acesa discussão numa festa

Depois de uma acesa discussão com a sua esposa, onde houve inclusive agressões físicas, o piloto sul-africano Charl Viljoen roubou um avião de um aeródromo e seguiu em direção a um clube em Botswana, com o objetivo de provocar um ataque suicida e matar a mulher que participava numa festa com outras 50 pessoas.

Um amigo de Charl que estava na festa foi quem evitou uma tragédia. Depois de receber uma chamada do piloto onde ele perguntou se a mulher ainda estava lá, este sujeito notou um comportamento estranho nele, suspeitando que algo não estava certo. “Então ele começou a gritar para toda a gente fugir do local”, disse uma testemunha citada pelo New York Post.

Os participantes rapidamente deixaram as instalações. Segundos depois, a pior sensação do amigo de Charl tornou-se verdadeira: o piloto embateu com a aeronave no edifício onde todos segundos antes se encontravam. Tudo ficou dominado pelas chamas.

O impacto do avião foi tal que até alguns carros que estavam no exterior ficaram danificados, como pode ser visto num dos vídeos que algumas testemunhas partilharam nas redes sociais.

O único morto a registar foi o próprio piloto.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS