Pai e filho matam urso e crias enquanto hibernavam e são apanhados por câmara oculta

Numa ilha perto da costa do estado do Alasca, nos EUA, dois homens (pai e filho) mataram a tiro uma família de ursos que estava a hibernar. O que os assassinos não imaginavam era que estavam a ser filmados por uma câmara oculta, que mostrou ao mundo o lado mais desumano das pessoas.

Andrew Renner e o filho localizaram a toca onde os animais se encontravam a hibernar e procederam aos disparos fatais. As imagens foram captadas em abril de 2018, mas só tiveram permissão para ser reveladas agora que o julgamento foi concluído.

A lei norte-americana proíbe especificamente a caça de animais que se encontrem em período de hibernação. Em tribunal, Andrew Renner foi condenado a uma pena suspensa de 5 meses e ainda uma multa de 17 mil euros. Já o filho, Owen, recebeu uma pena suspensa de cinco meses e foi obrigado a cumprir serviço comunitário.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS