Operação da GNR com 250 militares desmantela rede de burlas MBWay

Hoje de manhã, em Campo Maior, a GNR colocou em ação uma grande operação para desmantelar uma rede de burlas MBWay. A operação envolveu 250 militares e faz parte de uma investigação que arrancou há 6 meses. Nove pessoas foram detidas e outras 15 constituídas arguidas, com idades entre os 17 e 56 anos.

Os suspeitos ludibriavam as vítimas, oriundas de vários pontos do país, levando-as a enviar-lhes dinheiro através da aplicação e a obter valores pecuniários que não lhes eram devidos”, pode ler-se num comunicado da GNR.

A GNR dá conta do “aumento exponencial” de burlas através do MBWay. “Só nos últimos meses de 2019 e até à presente data, os prejuízos das vítimas deste tipo de crime ascenderam aos milhões de euros”, explica a GNR, que aponta a “falta de conhecimento sobre o uso da aplicação MBWay e a boa-fé das vítimas” como factores de risco para este tipo de crimes.

No decorrer da investigação foram desenvolvidas 19 buscas domiciliárias, que levaram à “apreensão de diversa prova material relacionada com este tipo de crime”.

A operação realizada em Campo Maior contou com o reforço do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP), Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC), Direção de Investigação Criminal (DIC) e da estrutura de Investigação Criminal e de Intervenção de diversos Comandos Territoriais da GNR.

PUB

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS