O vídeo que levou Nicolás Maduro a abandonar uma entrevista

Recentemente, o presidente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que o seu país não precisa de ajuda humanitária, porque não há fome. Porém, esta semana, abandonou uma entrevista quando foi confrontado com a realidade.

Após algumas questões feitas ao presidente venezuelano, que não teriam sido do seu agrado, uma equipa de jornalistas da Univisión acabou mesmo detida durante três horas, no palácio presidencial de Miraflores.

Além das questões que incomodaram Maduro, a gota de água foi quando mostraram um vídeo impactante. Através das imagens, os jornalistas confrontaram Maduro com o facto de haver jovens a irem procurar comida aos camiões de recolha de lixo.

“Depois de aproximadamente 17 minutos de entrevista não gostaram das perguntas que estávamos a fazer sobre a falta de democracia na Venezuela, sobre a tortura, os prisioneiros políticos e a crise humanitária que se está a viver. O presidente levantou-se e decidiu sair depois de ter sido confrontado com um vídeo. Imediatamente, o ministro Jorge Rodríguez veio dizer-nos que a entrevista não estava autorizada e confiscaram-nos todo o equipamento. A equipa esteve durante duas horas num quarto de segurança, com as luzes apagadas”, contou o jornalista mexicano Jorge Ramos.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS