O penálti que levou à condenação de um árbitro a 15 meses de prisão

Na passada quarta-feira, o árbitro sérvio Srdjan Obradovic foi condenado a 15 meses de prisão e privado de apitar qualquer jogo durante 10 anos. A pena é resultado de ter favorecido em maio de 2018 o Spartak Subotica contra o Radnicki Nis, durante uma partida referente à primeira divisão sérvia.

Na altura a imprensa sérvia considerou um escândalo um pênalti assinalado por Srdjan Obradovic. Com a conversão da grande penalidade inexistente o Spartak Subotica ganhou por 2-0, num jogo em que estava em causa o terceiro lugar e o apuramento para a Liga Europa. O Spartak Subotica venceu o duelo com os dois golos apontados através de grandes penalidades.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS