Mulher acaba presa por tossir deliberadamente numa pessoa com cancro

Uma mulher norte-americana de Jacksonville, no estado da Flórida, acabou presa depois de tossir intencionalmente sobre Heather Sprague, que a gravou numa loja enquanto esta discutia com os funcionários do estabelecimento, por exigir devolver um artigo que não tinha consigo, enquanto gritava, insultava e ameaçava os funcionários.

Debra Hunter, de 52 anos, deverá comparecer perante um juiz no próximo dia 19 de agosto, e até lá permanece presa e acusada de assédio e agressão depois de aparecer num vídeo sem máscara a tossir intencionalmente sobre Heather, que atualmente está em tratamento por causa de um tumor cerebral.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS