Modelo brasileira impedida de embarcar em voo da Qatar Airways por ser “demasiado gorda”

A modelo brasileira “plus size” e influenciadora digital, Juliana Nehme, virou notícia após ter sido impedida de embarcar num voo da Qatar Airways. O incidente aconteceu quando pretendia realizar um voo para São Paulo, no Brasil, com a comissária de bordo a dizer que não podia embarcar por ser “demasiado gorda”.

A brasileira contou que a companhia aérea informou que, caso quisesse embarcar, teria de comprar um bilhete mais caro (em classe executiva), no valor de três mil dólares, ou dois bilhetes juntos (em classe económica).

“A aeromoça da Qatar disse que eu não posso embarcar porque eu sou muito gorda e não tenho direito a essa passagem. Estamos eu, a minha mãe, a minha irmã e o meu sobrinho. Nós pagamos 4 mil dólares por essas passagens. Agora, ela simplesmente se nega a dar as passagens e a me deixar embarcar no voo para Doha e de lá para São Paulo porque sou gorda. O que eu vou fazer?”, contou Juliana.

A embaixada do Brasil no Líbano informou que está a acompanhar o caso: “O Ministério das Relações Exteriores, por meio da Embaixada do Brasil em Beirute, está em contato com a nacional e presta a assistência cabível à cidadã brasileira, em conformidade com os tratados internacionais vigentes”.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS