Menino insultado por pedir camisola do adversário conhece Neymar e vai às lágrimas

A história do menino Bruninho, um jovem adepto do Santos, que foi insultado na bancada após ter pedido a camisola do guarda-redes da equipa adversária, comoveu o mundo do futebol ao ponto de vários jogadores e ex-jogadores o apoiarem.

Um deles foi Neymar que através de uma publicação já havia encorajado o menino a continuar a gostar de jogadores de todas as equipas e numa altura em que estava ao serviço da seleção brasileira fez questão de estar pessoalmente com o pequeno Bruninho.

Um encontro emotivo em que o pequeno fã não conteve as lágrimas.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS