Mãe relata jogos de futebol ao filho cego e autista

Uma brasileira, adepta fanática do Palmeiras, chamou a atenção do Brasil, e agora do Mundo, ao fazer de narradora de jogos do emblema do Estado de São Paulo para o seu filho cego e autista.

Nickollas, que foi adotado após 12 casais terem desistido dele, tem agora 12 anos e estas duas condições não o inibem de usufruir de forma intensa de uma das paixões da sua vida. Para isso, conta com a ajuda da mãe, Silvia Prin Grecco. As televisões captaram a dupla nas bancadas do estádio do Palmeiras, em São Paulo, Brasil, durante um jogo e após isso a dupla tornou-se um símbolo de amor ao clube.

“A minha narração da partida é baseada nas minhas emoções. Não sou uma profissional. Digo-lhe tudo o que vejo e o que sinto, mesmo quando preciso de insultar o árbitro”, confessou Silvia à AFP, durante um jogo entre o Palmeiras e o Botafogo de Ribeirão Preto. A mãe da criança revela ainda que “descreve os detalhes” ao filho: “este jogador tem mangas curtas, a cor das chuteiras é tal, a cor do cabelo é esta.”

Depois de terem aparecido na televisão, a dupla foi convidada para vários programas e para assistir a um treino do Palmeiras.

Além disso, o jovem já conheceu o seu ídolo, Neymar. Um dia feliz para Nickollas. “O Neymar pegou-o ao colo e ele pôde passar a mão no cabeça dele. Foi um grande momento”.







COMENTÁRIOS

RELACIONADOS