Jogadores apoiam adepto de 9 anos que foi ofendido por pedir camisola do adversário

No passado fim de semana, Bruninho, um jovem adepto do Santos, foi insultado na bancada após ter pedido a camisola de Jaílson, guarda-redes da equipa do Palmeiras, um jogador da equipa rival.

Após o incidente, o jovem publicou nas redes sociais um vídeo a garantir que apesar de gostar do jogador do Palmeiras, é pelo Santos que torce e prometeu devolver a camisola para acabar com as dúvidas.

Foi então que entraram em cena dezenas de jogadores e ex-jogadores para apoiar o menino. Neymar foi um deles e nos comentários ao vídeo de Bruninho encorajou-o a continuar a gostar de jogadores de todas as equipas.

A lenda viva Pelé também deixou uma mensagem através de uma publicação nas redes sociais: “Bruninho, você não precisa pedir desculpas por ser apaixonado por futebol.  O nosso desporto é lindo, mas seria melhor se todos torcedores tivessem o seu coração. Como pode ver na foto, eu também tinha meu ídolo no Palmeiras, viu? Seja sempre feliz!”, escreveu Pelé, na legenda de uma foto abraçado a Vavá.

Romário também deixou uma mensagem para Bruninho:

Entretanto o selecionador Tite convidou o menino para conhecer a seleção brasileira: “Está feito o convite para ele estar aqui connosco. Porque nós como pais, como pessoas, temos a função de sermos educadores, temos de ser exemplos. Mais do que falar é fazer. Tu torces pela seleção brasileira, e dá para torcer por clubes, sim. Dá para ter educação e respeito por tudo. Bruninho, um abraço nosso de coração de um homem de 60 anos, que aprendeu um pouquinho, aprendeu a respeitar sentimento e exemplos positivos, que vão educar e fazer uma sociedade melhor”, comentou Tite.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS