Jogador tira a camisola durante guarda de honra a árbitro para que este pudesse exibir o seu último cartão amarelo

Os jogadores do Nagoya Grampus e do Urawa Reds, do campeonato japonês, deram um exemplo de civilidade e respeito a Nobutsugu Murakami, de 53 anos, que deixou no passado fim de semana o apito após 16 anos de carreira sem nunca ter saído para qualquer jogo fora.

Murakami ganhou fama e respeito como um dos melhores árbitros da primeira divisão do futebol japonês. Na despedida, Murakami, saiu com os braços erguidos com os jogadores de ambas as equipas a fazerem uma guarda de honra com aplausos de todos os jogadores. Ao fim do corredor, o defesa Makino, do Urawa Reds, fez ainda questão de retirar a camisola para que o árbitro pudesse exibir o seu último cartão amarelo.

Nós por cá é a mesma coisa… só que ao contrário! 😄

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS