Idoso com Alzheimer toca harmónica e julga que aplausos para profissionais de saúde são para ele

Este momento foi captado pela cuidadora do alemão Hermann Schreiber, portador de Alzheimer, que vive em Vigo com a esposa, Teresa Domínguez, que também sofre da mesma doença. A cuidadora fê-lo acreditar que os aplausos diários da população aos profissionais de saúde são para ele. E assim, todas os dias, Hermann vai à janela tocar harmónica e fica convencido de que as palmas de dezenas de vizinhos são para ele.

De acordo com os meios de comunicação locais, a esposa de Hermann, que é galega, deixou de conseguir falar alemão e Hermann não consegue falar espanhol. O que ele não esquece é de como se toca o instrumento que nunca larga e que aprendeu quando tinha apenas cinco anos enquanto observava a mãe que produzia manteiga na Alemanha.

PUB

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS