Hospital presta homenagem a criança dadora minutos antes de morrer

A equipa de um hospital americano prestou uma última e emocionante homenagem a uma menina que perdeu uma batalha de cinco dias contra um vírus que a deixou em morte cerebral. Os pais de Coralynn Sobolik, de 22 meses, decidiram desligar as máquinas de suporte de vida e doar os seus órgãos para salvar a vida de outras pessoas.

Para homenagear a criança e a atitude dos pais, a equipa médica decidiu fazer um cordão humano e cantar a música “Amazing Grace” nos corredores do hospital, enquanto Coralynn era levada para a sala de operações.

As máquinas que ajudavam Coralynn a manter-se viva foram desligadas um dia depois do médico informar os pais sobre a morte cerebral da criança. A menina doou o seu coração, pulmão e rins a três pessoas.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS