Guarda-redes protagoniza o penálti mais inacreditável da história do futebol

O duelo entre o Saint George e o Bahir Dar Kenema, para o campeonato da Etiópia, ficou marcado pelo penálti inacreditável cometido por Hariston Hessou, guarda-redes da formação visitante.

Hariston, internacional pelo Benin, saiu da baliza e na segunda tentativa para agarrar a bola, e perante a aproximação do adversário, desferiu um mortal que acabou com os dois pés em cheiro no peito do avançado do Saint George.

A equipa da casa, porém, acabaria por desperdiçar a grande penalidade e o jogo viria a terminar com dois golos para cada lado (2-2).

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS