Greta Thunberg foi detida durante protesto climático na Alemanha

A ativista sueca Greta Thunberg foi uma das pessoas detidas esta tarde pela polícia em Luetzerath, na Alemanha, durante um protesto contra a demolição desta vila para expansão da mina de carvão local, que pretende garantir a segurança energética do país, compensando a interrupção do abastecimento de gás russo. Os protestante rejeitam, alegando que as reservas atuais de lignite são suficientes.

Greta Thunberg juntou-se aos ativistas concentrados junto à mina na passada sexta-feira. Já no sábado a polícia tentou dispersar os manifestantes, situação que resultou em confrontos. Segundo os organizadores cerca de 35 mil pessoas compareceram no protesto, com a polícia a contabilizar 15 mil efetivos.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS