GNR corta trânsito na A1 para salvar cão que estava desorientado

O trânsito na autoestrada A1 foi cortado momentaneamente pelo Comando Territorial do Porto da Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Destacamento de Trânsito (DT) do Porto, com o intuito de resgatar um cão que se encontrava na via “perdido/desorientado”.

O Comando Territorial do Porto explica numa mensagem colocada nas redes sociais que “o trânsito esteve momentaneamente cortado, tendo sido retomado após o resgate do animal”. Na mesma nota, os militares mais informam que o cão não tinha microchip, pelo que foi entregue nas instalações da Plataforma de Acolhimento e Tratamento Animal (PATA) de Vila Nova de Gaia, onde vai ser observado e, caso haja necessidade, vai receber tratamentos médicos.

Na publicação a GNR recorda da importância do microchip nos animais, já que “serve para identificar animais que estejam perdidos e contrariar o abandono, promovendo a detenção responsável de animais de companhia”.

As imagens do momento podem ser vistas abaixo:

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS