Gémeos siameses mais velhos do mundo morreram aos 68 anos

Ronnie e Donnie Galyon, os gémeos siameses mais velhos do mundo, morreram aos 68 anos no lar onde viviam. Os irmãos Galyon nasceram com o abdómen unido, em outubro de 1951. Em 2014, pouco tempo depois de terem feito 63 anos, passaram a ser os gémeos siameses a viver durante mais tempo, em todo o mundo.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS