Gémeas siamesas veem-se pela 1ª vez após cirurgia de separação

Duas gémeas siamesas, de apenas um ano, que nasceram unidas pela parte de trás da cabeça, foram separadas, com sucesso, durante uma complexa e rara cirurgia de separação no hospital Soroka Medical Center, em Beersheba, Israel.

“Esta é uma operação rara e complexa, que foi realizada apenas 20 vezes no mundo. Esta foi a primeira vez em Israel”, disse em comunicado Mickey Gideon, diretor de neurocirurgia pediátrica daquele hospital.

A operação exigiu meses de preparação, durou mais de 12 horas e envolveu dezenas de especialistas de Israel e do estrangeiro. Foi, ainda, planeada com modelos 3D e tecnologia de realidade virtual.

Após a operação, as bebés puderam olhar-se pela primeira vez.

Ao Times of Israel, um médico envolvido no processo, Isaac Lazar, contou como foi marcante o momento e como isso encheu de felicidade os pais.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS