Gato testa a concentração e paciência de um monge budista

Durante as orações do Ano Novo no templo Wat Udomrangsi, nos arredores de Banguecoque, Tailândia, um gato persistente e carente de mimo testou a paciência e concentração de um monge budista de 25 anos, que tentava ler um livro de escrituras, mas não conseguiu tal era a insistência do felino para ganhar a sua atenção.

Depois de várias tentativas tímidas de afastar o animal, o jovem não teve outra opção se não começar a acariciar o intruso peludo. 😍

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS