Fotógrafo capta um polvo de cabeça transparente que permite ver o seu cérebro

Apesar das várias descobertas que já foram feitas ao longo da história, os oceanos ainda escondem muitos mistérios, que seguem encantando e atraindo pesquisadores, mergulhadores e fotógrafos. Um deles é Wu Yung-sen, que há 4 anos se dedica a registar a vida marinha nas profundezas.

No seu último mergulho, Wu Yung-sen deparou-se com um filhote de polvo da espécie Wunderpus photogenicus, que só foi descrita detalhadamente por pesquisadores em 2006 – embora tenha sido encontrada inicialmente na década de 1980.

O animal vive ao sul da costa filipina e apresenta um impressionante corpo translúcido. Encontrá-lo é raridade, e por isso as imagens registadas pelo fotógrafo e mergulhador chinês foi tão comemorada – tornando-se, para ele, a mais importante da sua carreira.

As imagens chamam atenção especialmente por permitirem observar até mesmo o cérebro do animal. Além disso, a transparência ressalta a delicadeza e a quantidade de detalhes do corpo.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS