Fotografias de “Influencers” seminus em Chernobyl estão a gerar onda de críticas

Após a bem-sucedida série da HBO, ‘Chernobyl’, aumentaram as visitas à zona do pior desastre nuclear da história, com uma série de ‘Influencers’ de Instagram a viajarem até à região para tirarem fotos, algumas delas, seminuas com o intuito de caça ao ‘like’.

Imagens de utilizadores da plataforma começaram a circular na rede social após o lançamento da série, e várias delas mostram as pessoas em poses — até de biquíni — no local da explosão nuclear que levou várias vidas em 1986.

De acordo com a CNN, o turismo subiu nas últimas semanas, com um aumento de 35% nas reservas para visitar Chernobyl, na Ucrânia, onde o acidente aconteceu.

Craig Mazin, o produtor da série, ficou a saber da onda meio preocupante e pediu aos visitantes do local da central nuclear para mostrarem respeito, depois de várias imagens impróprias terem sido publicadas nas redes sociais.

“É maravilhoso que #ChernobylHBO tenha inspirado uma onda de turismo à Zona de Exclusão. Mas sim, eu tenho visto as fotografias que andam a circular”, escreveu esta terça-feira Craig Mazin, no Twitter.

“Se visitarem, por favor lembrem-se da tragédia terrível que aconteceu no local. Comportem-se com respeito por todos aqueles que sofreram e tiveram de fazer sacríficos.”

No Twitter, um utilizador compilou algumas imagens de modelos e “Influencers” no local. Alguns fazem selfies próximos a veículos abandonados e parcialmente destruídos e uma das turistas chegou até a publicar uma foto em que aparece seminua, usando o uniforme de proteção nas pernas.

Até onde o ser humano é capaz de ir para ter a atenção das pessoas?

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS