Esteve preso 37 anos por crime que não cometeu e agora arrasou no America’s Got Talent

Archie Williams esteve preso durante 37 anos depois de ter sido condenado por violar e esfaquear uma mulher, um crime que não cometeu. Não havia provas de ADN, três testemunhas afirmaram que no momento do crime estava em casa, mas Archie foi preso e condenado a prisão perpétua por violar e esfaquear uma mulher branca na década de 80.

Esta semana Archie tornou-se num dos protagonistas da atual edição do America’s Got Talent, após conquistar o público ao cantar “Don’t Let the Sun Go Down on Me”, de Elton John. A atuação recebeu um forte aplauso e Archie Williams é considerado um dos mais fortes candidatos a vencer o programa de talentos.

Sabia que estava inocente. Não cometi um crime, mas sendo jovem negro e pobre não tinha a capacidade económica para lutar contra o estado do Louisiana, em tribunal“, disse o participante no America’s Got Talent, acrescentando que foi libertado depois de terem sido encontradas novas provas de ADN.

Nas redes sociais, Elton John confessou que ficou comovido com a atuação: “Chorei ao ouvir a história do Archie e ao vê-lo cantar. A coragem e o perdão demonstrados por ele inspiram-nos. É o mesmo espírito que o mundo encontrou no Nelson Mandela“, escreveu o músico britânico.

PUB

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS