Enfermeira salva três recém-nascidos das explosões em Beirute

No passado dia 4 de agosto, o fotojornalista Bilal Marie Jawish, que acompanhava a chegada dos feridos ao hospital universitário marcado pelo rasto da destruição em Beirute, no Líbano, registou uma das fotos do ano: Bilal fotografou uma enfermeira libanesa com três recém-nascidos nos braços no Hospital Al Roum, no meio de destroços, pouco depois das explosões que atingiram a zona portuária.

A imagem da enfermeira libanesa com os 3 recém-nascidos ao colo está a comover o Mundo. A mulher, cuja identidade é desconhecida, desmaiou durante as explosões que atingiram Beirute, mas nunca largou os bebés.

Neste hospital, a gigantesca explosão matou quatro enfermeiros e feriu cerca de 200 doentes. A unidade de saúde sofreu vários danos e ficou sem eletricidade durante várias horas.

Bilal Marie Jawish afirmou que em 16 anos de profissão nunca viu um cenário como aquele a que assistiu no dia 4 de agosto. “Posso dizer que ainda não tinha visto o que vi hoje na área de Ashrafia, especialmente em frente ao hospital. Essa heroína estava dentro do hospital. Estava a segurar três bebés recém-nascidos e à sua volta estavam mortos e feridos”, escreveu o fotojornalista nas redes sociais.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS