Empresa chinesa obriga funcionários a rastejarem pelas ruas por falharem objetivos

Uma empresa chinesa de cosméticos obrigou as suas colaboradoras, que não atingiram os objetivos financeiros anuais, a andar de joelhos nas ruas de Tengzhou, na província de Shandong, na China.

Os vídeos do momento, captados por vários transeuntes, causaram alvoroço nas redes sociais chinesas. Seis pessoas são vistas a gatinhar pelo trânsito, lideradas por um homem, que empunhava uma bandeira, e era, de acordo com o Daily Mail, o supervisor daquelas funcionárias.

A polícia foi chamada ao local, depois do incidente ter sido denunciado, e obrigou a que o castigo fosse terminado. A imprensa chinesa informou que a empresa responsável pela chocante procissão teve as suas operações temporariamente suspensas e está atualmente sob investigação.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS