É por isto que deves embrulhar as chaves do carro em papel de alumínio

A tecnologia permite destrancar o nosso carro à distância, porém essa “facilidade” esconde um maior risco de roubo. Podes ver/rever o vídeo que partilhamos onde dois encapuçados são filmados a roubar um Mercedes estacionado à entrada de uma casa em Inglaterra.

Sem qualquer arranhão na pintura ou vidro partido, os larápios levaram o Mercedes e o dono nunca mais o recuperou. Os dois homens usaram um dispositivo que permite captar à distância o sinal emitido pela chave original do carro, através de dois retransmissores.

O solução é bloquear a transmissão de sinais que podem ser usados pelos ladrões para clonar as chaves e destrancar o veículo.


Para contornar este problema, Moshe Shlisel, CEO da agência de segurança cibernética GuardKnox Cyber ​​Technologies, revelou que a solução mais simples, barata e prática é embrulhar as chaves em papel de alumínio, de forma a minimizar o sinal que elas emitem constantemente.


“Estamos a falar de uma forma de comunicação por ondas eletromagnéticas, como rádio ou televisão. Pense numa música que passa constantemente na rádio e numa fechadura que se abre ao ouvir essa música. Se eu conheço a música, posso abrir a fechadura”, explicou Moshe Shlisel, em declarações à BBC News Mundo.

A estratégia, sugerida por especialistas em cibersegurança, aplica-se às chaves automáticas, não às tradicionais.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS