Corte de cabelo faz com que sem-abrigo reencontre a mãe e a irmã que pensavam que estaria morto

De acordo com a reportagem publicada pelo site de notícias UOL, um sem-abrigo chamado João Coelho Guimarães, de 45 anos, contou com a ajuda da população de Goiânia, em Goiás, no Brasil, e passou por uma transformação no seu visual, acabando por ser reconhecido pela sua família que já não o viam à 10 anos, pensando mesmo que já tivesse morrido.

Segundo revelado na publicação, após mais um dia a juntar latas na rua para sobreviver, João pediu um barbeiro, mas acabou por receber uma oferta inegável do empresário e cantor sertanejo Alessandro Lobo. Ao ver o homem na situação em que se encontrava, Lobo ofereceu uma espécie de “dia de beleza” para o sem-abrigo.

No local, João fez a barba, teve o seu cabelo cortado, almoçou e também ganhou algumas peças de roupa. Depois da transformação na aparência do sem-abrigo, Alessandro publicou o resultado nas suas redes sociais. A publicação tornou-se viral.

Graças à publicação, a família de Coelho – que mora em Brasília – reconheceu o homem e entrou em contato com o empresário. Após 10 anos sem notícias do parente.

“Está a vir a mãe e a irmã dele. Elas já o davam como morto porque há mais de 10 anos não tinham notícias do João. Elas viram a fotografia e entraram em contacto comigo e, como ele não tem telefone e nem endereço fixo, vamos percorrer o bairro para tentar encontrá-lo”, contou Alessandro em entrevista para o UOL.

Apesar do feliz reencontro, João não aceitou o convite da irmã para ir morar consigo, afirmando que é na rua que se sente “livre”.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS