Condutor com hipoglicemia circula 15km aos ziguezagues e atropela ciclista

Ao início da tarde do passado domingo, na estrada A7, em Málaga, Espanha, um condutor circulou cerca de 15km completamente descontrolado devido a uma hipoglicemia. Um passageiro que circulava noutro carro filmou o incidente sem saber o que se passava com o condutor daquela viatura e muito menos sem imaginar que ia registar o atropelamento de um ciclista.

O carro circulava aos ziguezagues, chegando mesmo a bater nos separadores e rails de protecção, até que a certa altura atropelou um ciclista. O homem que conduzia o carro onde estavam a filmar resolveu continuar a seguir o veículo descontrolado para avisar os outros condutores.

O ciclista de 54 anos foi ajudado logo de seguida por um casal inglês e acabou por ser internado no Hospital Costa del Sol, sem correr risco de vida, mas com uma fratura vertebral.

Inicialmente o vídeo tornou-se viral nas redes sociais indicando que se tratava de um condutor alcoolizado, situação que não se verificou após um teste de álcool e drogas. Confirmou-se que se tratou de uma hipoglicemia de um condutor diabético.

O que é uma hipoglicemia?

A hipoglicemia acontece quando os níveis de glicose no sangue descem abaixo dos 70mg/dl. Em condições normais, o organismo mantém a concentração de açúcar no sangue dentro de uma margem bastante estreita (por volta de 70 a 110 mg/dl).

Na diabetes, os valores tornam-se demasiado altos; na hipoglicemia, são demasiado baixos. Estes levam ao incorreto funcionamento de muitos dos sistemas orgânicos. O cérebro é especialmente sensível porque a glicose é a sua única fonte de energia.

A forma de responder aos baixos valores de açúcar é, através do sistema nervoso, estimular as glândulas suprarrenais a libertar adrenalina. Isto provoca, por sua vez, a libertação de açúcar por parte do fígado para ajustar a sua concentração no sangue. Se continuar em valores demasiado baixos, o funcionamento do cérebro pode ficar prejudicado.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS