Como ficou o capacete de Miguel Oliveira após queda a 300 km/h

No passado sábado, durante uma sessão de treinos livres, o piloto português Miguel Oliveira sofreu uma queda a 300 km/h, anulando assim a sua participação no Grande Prémio da Austrália de MotoGP. “Da manhã para a tarde a direção do vento mudou completamente, ficando perpendicular à reta da meta. Quando travei, o vento empurrou-me completamente para fora da pista e, a partir daí, já nada havia a fazer”, explicou Miguel Oliveira.

Mais tarde foram partilhadas nas redes sociais imagens do estado em que ficou o seu capacete. As amolgadelas mostram como uma queda pode danificar o mais resistentes dos materiais.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS