Ciclista mostra o estado das suas pernas após a Volta à Croácia

O ciclista esloveno Janez Brajkovic, antigo campeão do Mundo de sub-23 de contrarrelógio, esteve suspenso entre julho do ano passado e o início de setembro deste ano, depois de ter acusado positivo numa substância proibida chamada metilhexaneamina. Em setembro regressou à competição e agora mostrou o estado das suas pernas após a Volta à Croácia.

Ver esta publicação no Instagram

It’s only about not fucking it up now 💯

Uma publicação partilhada por Jani Brajkovic (@janibrajkovic) a

Nas redes sociais, Brajkovic explicou o sucedido em 2018, lembrando que não se quis dopar, mas que luta contra bulimia e que utilizou a substância proibida como modo de suplemento alimentar devido ao facto de não comer bem.

Em relação à foto, a médica Natasa Desnica comentou dizendo que é normal depois da competição os músculos de atletas de algumas modalidades ficarem com este aspeto. “O desporto é assim, acontece em inúmeras ocasiões. Já vi ciclistas que pouco depois de competirem durante três semanas na Volta a França, na Volta a Itália ou na Volta a Espanha ficam assim. As pernas deles são incrivelmente finas, sem gordura subcutânea. E como estão desidratados, podem ver-se todos os ossos e veias da face e do corpo. É possível ver cada músculo, como num atlas de anatomia. Felizmente os ciclistas recuperam rapidamente desta situação e a aparência volta ao normal”.

Ver esta publicação no Instagram

Still plenty of juice left after 7mJ of work.

Uma publicação partilhada por Jani Brajkovic (@janibrajkovic) a

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS