Casal de leões doentes foi eutanasiado para não viverem um sem o outro

Um casal de leões do jardim zoológico de Los Angeles, nos EUA, é protagonista de uma verdadeira história de amor no mundo animal. Hubert e Kalisa, de 21 anos, morreram juntos para que um não tivesse que viver sem o outro. O casal foi eutanasiado devido ao declínio da saúde.

Hubert nasceu a 7 de fevereiro de 1999, no Lincoln Park Zoo, em Chicago. Por sua vez, Kalisa nasceu em 1998, no zoo de Oklahoma. A história de amor entre os felinos começou quando ambos foram transferidos para o Zoo de Woodland Park, em Seattle, antes de se mudarem para Los Angeles, em 2014. A espécie vive, em média, 17 anos em cativeiro.

“Estes companheiros afetuosos chegaram ao zoo de Los Angeles há seis anos e rapidamente conquistaram os nossos corações com a sua beleza e vínculo único”, recordou a diretora do jardim zoológico, Denise Verret.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS