Cão sobreviveu a míssil russo e foi encontrado no meio de destroços à procura da família

Na última quinta-feira, em Dnipro, na Ucrânia, um cão chamado Krym (Crimeia, em português) foi encontrado sozinho no meio de destroços por uma equipa de resgate após a casa onde viviam os donos ter sido atingida por um míssil russo.

Na habitação, além de Krym, vivia uma mãe e dois filhos (de 12 e 8 anos), a avó e um outro cão chamado Jack. O cão Krym foi o único sobrevivente, mas ficou cego e surdo. Quando a equipa chegou ao local encontrou o animal a procurar a família nos destroços.

O caso foi divulgado no Twitter do Ministério da Defesa ucraniano com a mensagem: “Há um dia que este cão fica sentado, a chorar, junto de uma cratera de 20 metros, no local onde ficava a sua casa”.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS