Cão que deu o corpo às balas no combate à Al Qaeda recebeu medalha de mérito

Kuno, um pastor belga do exército britânico, que sofreu ferimentos para salvar a vida de militares britânicos durante uma missão contra a Al Qaeda, recebeu a medalha de mérito “DickinMedal”. Esta é a maior distinção que qualquer animal pode receber por parte do Exército.

Durante uma intervenção, Kuno conseguiu travar um ataque do inimigo que permitiu salvar a vida dos soldados britânicos. No ataque o cão sofreu ferimentos de bala nas patas traseiras e acabou por ser amputado.

O Ministério da Defesa britânico partilhou um vídeo onde explica o porquê deste prémio, revelando que esta foi uma forma de prestigiar a coragem e resiliência de Kuno.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS