Cão foi enterrado vivo para morrer mas acabou salvo a tempo

No município de Baeza, na província de Jaén, em Espanha, a associação animal TARA salvou um cão de raça mastim espanhol de 10 anos que foi enterrado vivo para morrer.

A situação foi denunciada por agricultores, que encontraram o animal numa ravina de 15 metros. O cão estava num estado lastimável, com uma ferida profunda de lado, ferimentos no focinho, desnutrido e com dificuldades para mover as patas traseiras, mas a TARA conseguiu salvar-lhe a vida. Acabou por ser transferido para uma clínica veterinária e a sua evolução é favorável.

PUB

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS