Câmara de segurança denuncia tratador de cães a maltratar pastor alemão

TT é um pastor alemão de 8 anos que trabalha com um veterano de guerra que tem uma deficiência e sofre de stress pós-traumático. É considerado pelo seu dono como o cão mais doce de sempre, mas recentemente foi maltratado e acabou por ficar sem a cauda.

Tudo aconteceu quando foi levado ao “Groomingdales Pet Spa” em Satellite Beach, nos EUA, onde deveria receber um tratamento de limpeza. Infelizmente, acabou por ser maltratado. O funcionário James Cordell Doughty Suthann, de 37 anos, cometeu este ato horrível porque o cão não ficava parado. Durante a agressão a cauda do animal partiu e teve que ser amputada, pois os veterinários não podiam fazer nada devido à gravidade da lesão.

O incidente foi registado pela câmara de segurança e o homem acabou detido. Os proprietários do salão declararam que desconheciam esta faceta do seu ex-funcionário e também eles ficaram muito perturbados após terem visto as imagens.

Sherrif Wayne Ivey, do gabinete do xerife do condado de Brevard, comentou o caso: “É uma das coisas mais difíceis que eu já tive que assistir nos meus 39 anos de aplicação da lei por causa da maneira horrível e cruel com que o animal foi tratado. Infelizmente, a multa máxima que poderia ser aplicada a Suthann era de 2000 dólares, porque eles não me deixam pessoalmente definir as condenações para criminosos como este homem”.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS