Buraco com 200 metros de profundidade apareceu inesperadamente no deserto de Atacama

Em pleno deserto de Atacama, no Chile, apareceu inesperadamente um buraco com cerca de 25 metros de diâmetro e 200 de profundidade. As autoridades não sabem a origem do buraco e ativaram todos os protocolos de segurança.

Cristóbal Zúñiga, autarca da região, explicou que recebeu o alerta no passado sábado, informando que o buraco se encontra perto da Mina Alcaparros, que faz parte da Mina Candelária (uma grande mina de cobre que representa uma das maiores reservas de cobre do Chile e do mundo). “Estamos preocupados, pois é um medo que sempre tivemos… o facto de estarmos cercados por minas e obras subterrâneas”, admitiu o autarca.

Zúñiga pediu rapidez na investigação para descobrir se o colapso de terra teve origem devido a atividades nas minas ou se não está relacionado.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS