Bombeiros salvam cão preso num penhasco há 15 dias

Um cão chamado “Mandavir”, que caiu num penhasco inacessível por terra junto ao rio em Alvações do Corgo, no concelho de Santa Marta de Penaguião, foi resgatado pelos bombeiros. O cão tinha fugido de casa e os donos andavam à sua procura, quando foi avistado pelo proprietário de um terreno agrícola situado na margem oposta, que estranhou a situação, uma vez que tinha visto o cão no mesmo local há cerca de 15 dias.

A Proteção Civil de Santa Marta de Penaguião partilhou o final feliz do cão, que foi já entregue à sua dona. “Mandavir” terá estado preso naquele penhasco cerca de 15 dias e foi encontrado “completamente subnutrido”.

“Foram mobilizados para o local os bombeiros de Santa Marta e de Fontes. Feito o reconhecimento do facto, e tendo em conta a necessidade de passar da margem direita para a margem esquerda, e sendo uma zona onde o rio levava muita corrente, houve a necessidade de solicitar a ajuda de mergulhadores dos Bombeiros Voluntários do Peso da Régua. Os mergulhadores passaram um cabo entre as duas margens que serviu de guia para o resgate do cão”, comentou a Proteção Civil.

“Mandavir” enfrentou a corrente do rio Corgo com a ajuda dos mergulhadores e foi entregue nesse mesmo dia à sua dona, identificada pelo chip do animal.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS