Alunos e colegas enchem corredores da escola para homenagear professor no seu último dia de aulas

Foi há precisamente 29 anos que Koldo Ansa, um professor de Filosofia espanhol, começou a lesionar no Instituto Alaitz de Barañain, em Navarra, Espanha. No seu último dia de trabalho, entre alunos e colegas de profissão, foram muitos os que quiseram despedir-se dele, com os corredores do estabelecimento de ensino a tornarem-se pequenos para tanta gente que o queria homenagear.

Entre palavras de agradecimento, cânticos e aplausos, Koldo Ansa acabou por não conter as lágrimas de emoção.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS