Alto Minho: Guardia Civil revela imagens dos armazéns onde são feitas as “lanchas voadoras” para narcotráfico

A Guardia Civil divulgou ontem imagens da operação que desmantelou uma rede criminosa que se dedicava ao fabrico de “lanchas voadoras” com infraestruturas em Espanha e Portugal (nos concelhos de Viana do Castelo e Valença).

As autoridades espanholas além das diligências no seu território, também realizaram buscas em Portugal com a participação da Polícia Judiciária. A organização, que estava sediada na província de Pontevedra e dispunha também de espaços na Corunha, Salamanca, Madrid e Barcelona, contava com membros especializados no fabrico e finalização destas embarcações, que seriam posteriormente utilizadas para o transporte de droga no sul de Espanha.

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS