A triste realidade dos leões “criados” na África do Sul numa curta de animação emotiva

A instituição internacional de caridade, “Born Free Foundation”, que trabalha com o objetivo de fazer persistir a vida selvagem na natureza, lançou uma curta emotiva para mostrar a realidade brutal a que estão sujeitos os leões na África do Sul, os quais são literalmente “criados para abate”.

Cerca de 70% dos leões nascidos em cativeiro na África do Sul, são criados para que os turistas possam abraçá-los e tirar-lhes fotografias. E, quando estes se tornam demasiado grandes para esses momentos de adoração, são vendidos a caçadores e alvejados para posteriores negócios.

A curta “The Bitter Bond” ficou a cargo da agência “The Engine Group/London”, pretende consciencializar as pessoas relativamente a este problema.

PUB

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS