A comemoração mais insólita (e estranha) da história do futebol?

O jogo entre o Cuiabá e o Brasiliense ficou marcado por uma celebração no mínimo estranha e excessiva após a marcação do penálti que deu o apuramento ao Brasiliense por 7-6. Tudo porque ninguém poupou na euforia, tanto que Radamés puxou os calções para cima, ficando numa espécie de fio-dental, para depois sentar e esfregar na cara do avançado Weverton Goduxo.

Se a moda pega… vai ser bonito! 🤢

COMENTÁRIOS

RELACIONADOS