14/11/2018

Charlie Proctor, um menino de cinco anos que vivia em Lancashire, no Reino Unido, morreu em casa na passada sexta-feira, acalentado pela família, e pediu desculpas à mãe por fazê-lo. Charlie tinha sido diagnosticado com um cancro raro no fígado há dois anos e fazia tratamentos enquanto a família tentava arrecadar cerca de 900 mil euros para uma cirurgia nos Estados Unidos.

Os pais, Amber Schofield e Ben Proctor, abriram uma angariação de fundos para conseguir o dinheiro para uma operação, mas que acabou por ser interrompida. O custo do transporte da criança seria demasiado elevado e, mesmo com a ajuda de estrelas como Pink, que deu cerca de 10 mil euros, não conseguiriam chegar ao valor desejado a tempo.

Na sexta-feira ao final do dia, Amber publicou aquela que seria a última imagem de Charlie. Explicando que a condição do menino estava a piorar, revelou que as frases que mais dizia eram: "Não sei o que posso fazer mais" e "Mãe, desculpa-me por isto"

...

continuar a ler
12/11/2018

Um homem de Paradise, na Califórnia, tentou manter a filha calma, cantando para a menina, enquanto passavam de carro pelo meio das chamas. Joe Allen filmou o momento em que ele e a família deixaram a localidade onde vivem, que foi brutalmente atacada pelos fogos e já mataram mais de 20 pessoas. Joe e a filha Olivia, de três anos, viajavam num carro, enquanto a mulher, Whitney, levou o outro veículo da família na companhia da outra filha.

Durante o vídeo, pode ouvir-se a conversa que Joe mantém com a filha. "Há tanto fogo aqui. Vamos ficar queimados", diz Olivia ao pai. "Não vamos ficar queimados. Vamos ficar afastados do fogo. Vamos ficar bem", afirma num tom aparentemente sereno Joe. De seguida começa a cantar, "Querida, vai ficar tudo bem", entoa o homem. "Devíamos voltar para casa", sugere Olivia. O pai responde que vão voltar "quando estiver mais princesa Poppy", numa referência à personagem do filme Trolls.

A menina chega a mostrar-se preocupada com o facto de não ver o carro onde está a mãe e a irmã e o pai mantém a postura calma, dizendo que "está tudo bem"....

continuar a ler
09/11/2018

É habitual ouvir, "nem todos os heróis usam capas"... e este chinês é exemplo disso mesmo. Este incidente aconteceu no passado dia 13 de outubro em Shaoxing, na China, quando duas meninas brincavam junto a um rio e uma delas tropeçou e acabou por cair à água. Felizmente este homem passava pelo local e apercebendo-se do sucedido, não hesitou e saltou para a água para resgatar a tempo a menina.

Vê como ele salvou a criança que já lutava pela vida! 🙌

07/11/2018

A PSP divulgou ontem o agradecimento de um cidadão sobre a atuação de um agente, em Lisboa, quando foi apanhado a conduzir "em modo rali" . Na publicação, que soma mais de 7000 partilhas, o condutor Vítor Martins Romão conta o momento de aflição que viveu e como foi ajudado por um polícia que circulava numa mota em Lisboa.

Este pai começa por explicar:

"Antes de mais, a minha guerreira continua a lutar de forma brava, 24h depois da cirurgia. Ontem, quando estava a regressar a Lisboa, vindo de uma rápida ida a Grândola, recebi uma chamada da Renata, aflitíssima, porque lhe tinham ligado do Hospital de Santa Maria a solicitar presença urgentíssima de um de nós. Faltava assinar o termo de consentimento, para o procedimento anestésico da Margarida, e ela encontrava-se no bloco operatório em espera, para a tão urgente e vital cirurgia.

...

continuar a ler
06/11/2018

Após assistir ao filme "Bohemian Rhapsody" num cinema em Nebraska, Estados Unidos, este jovem sentou-se num piano que estava à saída da sala e "matou-o" completamente ao tocar o tema que deu nome ao filme... vale a pena assistir a este belo momento! 👏

05/11/2018

Esta mãe brasileira estava a alimentar o seu filho e, como normalmente acontece com a maioria dos pais, esta tarefa estava a tornar-se extremamente difícil. Então ela decidiu usar um método didático, para que o seu filho percebesse que tinha de comer... e não é que resultou na perfeição! 😁

02/11/2018

Maya Hwang tem apenas dois anos, mas o seu disfarce de Halloween ganhou o concurso de melhor fantasia numa escola da cidade de Parañaque, nas Filipinas, e agora também está a conquistar a Internet. Foi a mãe de Maya, Krystel Hwang, quem lhe fez a fantasia. Demorou apenas dois dias e usou para a conceber, principalmente, fita adesiva e papel.

A mãe de Maya, partilhou um vídeo das filhas a desfilar pela cidade, onde a pequena aparece a andar, sem cabeça, enquanto a segura nas próprias mãos. A melhor parte é que o pescoço é o cesto onde podem ser depositados os "doces ou travessuras".

Vale a pena assistir ao resultado!